Reflexões Planetárias

Thursday, November 01, 2012

Substituir o Estado

Dos jornais: "Governo português e FMI analisam despesa pública para preparar reforma do Estado".

Reforma do estado, aka "refundação do estado". Desvendado o mistério!
Com o pretexto de conter a despesa pública para reduzir o déficit das contas públicas, Vitor Gaspar prossegue impávido e imparável, como se fosse uma máquina, a sanha econocrática de substituir o nosso estado democrático imaturo pela versão "ultra-liberal" de um estado "periférico" capitalista, cujas funções capitais são:
- assegurar os negócios de ETN e mercados financeiros;
-tratar das inconvenientes externalidades sociais e ambientais.

A "refundação do estado" está agora descaradamente sob as ordens do FMI... que não têm feito outra coisa no desastroso "ajustamento estrutural" dos países "subdesenvolvidos" e agora, na oportunidade da crise financeira, entra a fundo nos mais fragilizados países da Europa como Portugal.(1)
________________________________________________
(1) Em "A globalização da pobreza", Michel Chossudovsky descreve, com grande cópia de dados de sua experiência directa, como a nefasta receita aplicada pelos "rapazes de Chicago" no Chile de Pinochet, foi replicada a partir dos anos oitenta, pelo Fundo Monetário Internacional. Mais de cento e cinquenta países do "terceiro mundo", sofreram os seus efeitos devastadores no ancestral equilibrio entre as comunidades e os ecossistemas locais provocando, segundo Mike Davis, o exodo de milhões de seres humanos desenraizados que foram engrossar sórdidos suburbios de monstruosas "cidades" em África, na América Latina e no sul da Ásia. A segunda edição do livro de Chossudovsky, publicada há dez anos, inclui já um capítulo sobre a extensão do "programa de ajustamento estrutural" aos países europeus. Está lá tudo o que estamos a sofrer hoje em Portugal.

2 Comments:

At 7:49 PM, OpenID doublebyte said...

O mist'erio passa tambem pelo desvendar das relaçoes entre a Goldman Sachs e os diversos estados europeus (de Grecia a Portugal, passando por Espanha, Italia, etc)!

 
At 10:15 PM, Blogger orbis said...

Esse é outro "mistério" que já começou a ser desvendado sobre a
GS e afins. Traduzi um artigo interessante sobre estes especuladores financeiros, rsponsáveis pela austeridade que nos assola. A tradução está aqui: http://blogorbis.blogspot.pt/2012/10/quem-deve-pagar-austeridade.html

 

Post a Comment

<< Home